A TV saiu da sala, mas continua no dia a dia das pessoas

Pesquisa mostra que consumo de TV aumentou na última década e os telespectadores acham interessante e comentam as propagandas.

A TV saiu da sala, mas continua no dia a dia das pessoas

Ações de merchandising nos programas diários da TV, aberta ou fechada, destacam-se entre as ferramentas de comunicação mais eficientes para uma marca apresentar seu conteúdo e impactar o público-alvo em tempo real e em qualquer tamanho de tela. Uma ação de merchandising permite contextualizar uma marca dentro da linha editorial de um programa de variedades, culinária, entretenimento, esportivo, jornalístico ou como parte da trama de uma novela. A quantidade de “merchans” que proliferam na TV comprova sua eficácia no seu papel de tornar uma empresa relevante.

Com centenas de ações de merchandising na TV, para dezenas de marcas, em seu portfólio, a Sinergia tem sido consultada, frequentemente, sobre a eficiência dessas ações nesse mundo definitivamente digital. Em síntese, caímos no eterno embate: TV X internet. Para a felicidade geral do mercado, uma recente pesquisa da Kantar IBOPE Media mostra que as duas coexistem e se complementam. Não importa o tamanho da tela, uma ação de merchandising bem planejada e executada com criatividade será sempre uma excelente ferramenta de engajamento.

Consumo médio de TV por indivíduo cresce em mais de 1 hora nos últimos 10 anos

Presente em praticamente todos os lares do país, a TV tem espaço garantido no cotidiano da população. O mundo mudou, a tecnologia evoluiu e a televisão se fortaleceu: na última década, o tempo médio que o telespectador dedicou ao consumo do meio aumentou em mais de 1 hora. Em 2007, eles passavam, em média, 5 horas e 11 minutos assistindo a TV por dia. Em 2016, foram 6 horas e 17 minutos dedicados à telinha.

De analógica para digital, de aparelho convencional para multitelas: a televisão saiu da sala de casa e já pode ser assistida em qualquer local e em qualquer horário. O meio vem evoluindo junto com o seu público e disponibiliza seu conteúdo nas mais diversas plataformas e dispositivos. O vídeo sob demanda já é usado por 20% dos brasileiros, 9 vezes mais do que esse número representava em 2013. Essa nova maneira de consumir vídeo complementa o alcance da televisão linear: a pesquisa aponta que 48% dos telespectadores brasileiros têm o hábito de se programar para assistir a conteúdos de TV, demonstrando que o consumo de acordo com a grade televisiva das emissoras e o consumo não linear coexistem. Os dispositivos e plataformas se complementam para tornar a experiência do telespectador a melhor possível, no momento e no lugar em que ela se encontra.

O povo comenta merchandisings e comerciais

A relevância da televisão nos lares brasileiros é refletida também no mercado publicitário, onde o meio ocupa um espaço importante na estratégia de comunicação de diversas marcas. A TV é referência para os telespectadores brasileiros: 53% dizem confiar na televisão para se manter informado, e 44% elegem o meio como principal fonte de entretenimento. A chamada do jornal, o último capítulo da novela, a estreia do reality show e mesmo o comercial se tornam temas na roda de amigos: 54% telespectadores declararam que a propaganda na televisão é interessante e proporciona assuntos para conversar.

Apresente sua marca, produto ou serviço nos momentos em que seu público-alvo está mais receptivo às suas mensagens. Faça merchandising com a Sinergia, uma das 5 maiores compradoras de mídia. Desde o planejamento de mídia até a produção das ações, passando pela criação do roteiro, a agência cuida de tudo para o sucesso dos nossos clientes nos programas mais populares da TV e nas novelas.

Fontes: Kantar IBOPE Media – Target Group Index 2017