Aprenda como fazer uma pesquisa de mercado em 4 passos básicos

Aprenda como fazer uma pesquisa de mercado em 4 passos básicos

Aprenda como fazer uma pesquisa de mercado em 4 passos básicos

O empreendedorismo está cada vez mais presente no cenário econômico e todos os dias modelos de negócios são aplicados. No entanto, para que uma empresa seja bem-sucedida, é preciso algumas atitudes para conhecer melhor o mercado e, principalmente, o nicho em que atua.

Nesse contexto surge a pesquisa de mercado, que consiste em coletar dados sobre aspectos que influenciam diretamente a marca — concorrentes, público-alvo, e assim por diante. A partir dessas informações, é possível traçar estratégias mais consistentes e que tenham o efeito esperado.

Quer saber como fazer uma pesquisa de mercado e melhorar as estratégias de marketing em seu negócio? Então, continue a leitura e confira 4 passos para isso!

1. Analise os concorrentes

Conhecer os concorrentes é uma excelente forma de potencializar o seu negócio e torná-lo mais lucrativo. Quando você estuda e observa as estratégias utilizadas por empresas que também atuam na área, fica mais fácil definir o que gerou bons resultados, assim como identificar aquilo que não tem funcionado tão bem.

Para fazer uma pesquisa bem-sucedida é preciso avaliar os mais diversos aspectos sobre os concorrentes: preço, ações de marketing, meios de comunicação com o cliente, e por aí vai.

Se a empresa trabalha com um público similar ao seu, você tem a possibilidade de observar o que agrada e chama a atenção dos clientes. Por isso, ter essas informações pode ser útil para melhorar ainda mais suas estratégias.

Essa prática ajuda na tomada de decisão porque permite verificar quais tendências têm sido usadas por outras marcas. No entanto, é preciso que você saiba quais empresas mais afetam seu negócio.

Então, concentre-se, inicialmente, em analisar mais a fundo somente aquelas que impactam suas vendas ou que constantemente são comparadas a você, com um nicho ou produto parecido com o seu.

2. Conheça o seu público

Um dos primeiros passos ao abrir um negócio é saber para quem você vai vender ou prestar algum serviço, certo? A partir dessa informação básica, você poderá planejar as outras etapas.

Da mesma forma, quando você deseja lançar um novo produto ou investir em outro segmento, é importante saber quais são os hábitos de consumo do público-alvo. Isso e diversos outros fatores devem ser analisados porque vão influenciar diretamente em suas escolhas.

Fazer uma coleta de dados sobre o comportamento de seus clientes é interessante para personalizar as ações pensando no que será atrativo para eles. Pesquisas podem ser úteis, e para fazê-las você tem a possibilidade de usar fontes de terceiros, como sites do IBGE e IPEA, que apresentam algumas estatísticas sobre o consumo da população.

Além de utilizar essas fontes, você pode planejar pesquisas, questionários ou qualquer outro material que ajude nesse sentido. Com perguntas objetivas será mais fácil saber a opinião do cliente a respeito de um produto ou até mesmo o que ele pensa sobre o atendimento de seu negócio.

Crie uma persona com informações detalhadas e pessoais sobre o cliente ideal. Isso ajuda a definir suas estratégias pensando nas características principais do público. Após reunir todos esses dados, pense em como adaptar seus insights às necessidades dos consumidores. Afinal, o objetivo é encantá-los e oferecer exatamente o que eles precisam, certo?

3. Pesquise o cenário econômico atual

A partir do momento em que você analisou a concorrência e conheceu melhor seus clientes, é hora de avaliar o cenário econômico atual. Esse aspecto é de grande importância porque sabemos que a economia é a força impulsionadora para que o consumidor tenha o poder de compra. Além disso, é preciso entender, de forma clara, quais serão os custos e possíveis rentabilidades que uma ação ou estratégia renderá.

Por exemplo: se uma marca tem a ideia de lançar um produto, até então novo no mercado, ela precisa pensar se o cenário econômico é favorável para que isso aconteça. Mudanças no comportamento do cliente, crises financeiras e outros pontos devem ser levados em conta antes de colocar um projeto em prática.

Fazer essa análise é uma medida de prevenção que evita prejuízos no futuro. Identificar a eficiência de uma estratégia relacionando-a com o quadro atual da economia é essencial para que o negócio tenha sucesso.

4. Entenda a força do nicho de atuação

Hoje, a facilidade de empreender e ser dono da própria empresa gerou um número alto de pessoas que atuam no mesmo nicho. Ou seja, a concorrência está cada vez maior. É por isso que, antes de investir em um setor, você deve analisar com cuidado a força que ele tem perante o mercado.

É preciso entender se existe demanda suficiente para o produto ou serviço que oferece ou no negócio que deseja iniciar. Lembre-se de que há diversas outras marcas que trabalham na mesma área que você, por isso, é preciso ter um diferencial.

Talvez o ideal seja explorar um subnicho, isto é, um mercado específico que ofereça produtos para um grupo mais seleto. Dessa forma, você conseguirá se destacar com maior facilidade e ganhará credibilidade para a sua marca.

Como exemplo, pense na área de beleza e estética. Dentro desse setor, diversos subnichos podem ser explorados. Cosméticos orgânicos são opções que vêm ganhando força nos últimos anos. Ainda assim, o número de marcas que investem nesse tipo de produto é inferior ao daquelas que comercializam versões tradicionais.

Portanto, analise a fundo esses pontos antes de colocar uma ideia em prática. Assim, suas estratégias serão mais certeiras, poderão atingir os objetivos definidos e garantir o seu espaço em meio aos concorrentes.

Saber como fazer uma pesquisa de mercado é importante para direcionar as ações do negócio de forma mais consciente e com maior chance de acerto. Ter conhecimento sobre as características da persona, por exemplo, ajuda a traçar estratégias específicas e que geram resultados expressivos. Então, os passos apresentados são de grande relevância para aumentar os lucros da empresa, seja por meio de uma ideia nova, lançamento de produto ou qualquer outro insight.

Gostou de conhecer essas dicas? Que tal conferir agora 6 ações de marketing que podem ser úteis para você alavancar as vendas em seu negócio? Aproveite!

Receba nossa Newsletter em primeira mão