Como o marketing digital alterou a jornada de compra do cliente? — Sinergia Publicidade

Como o marketing digital alterou a jornada de compra do cliente?

Como o marketing digital alterou a jornada de compra do cliente?

Tem sido difícil convencer o seu chefe de que é necessário implementar mudanças e investir em processos inovadores na empresa, certo? Talvez ele não tenha percebido, mas a jornada de compra do consumidor mudou muito.

Para que entenda melhor, a jornada de compra é dividida em quatro etapas: o aprendizado, o reconhecimento do problema, a consideração da solução e a decisão de compra. Identificar o momento da jornada em que o público está é primordial para criar campanhas digitais que gerem bons resultados.

Tendo isso em vista, preparamos um miniguia com algumas das perguntas que são mais recorrentes no ambiente de marketing com relação a esse assunto. Acompanhe a leitura e confira!

Afinal, como era o processo de compras na era pré-internet?

Antes de compreendermos como o marketing digital conseguiu modificar os rumos da jornada de compra, é interessante fazer uma visita ao passado e verificarmos como funcionava esse processo. No período anterior a essa revolução tecnológica, o investimento das empresas era focado no marketing offline.

Os consumidores não tinham tantos recursos como se tem hoje para entenderem melhor o que estavam comprando. Tratava-se de um caminho linear em que o público era impactado apenas pelas mídias interruptivas, tais como a TV, o rádio, os outdoors, os jornais, as revistas, entre outros.

Quais os impactos que essa mudança de visão trouxe?

Com a era digital, a forma com que os clientes caminham pela jornada de compra se alterou exponencialmente. Já não há aquele espaço gigantesco entre as etapas e a aquisição é formada por pequenas jornadas que utilizam de diferentes canais, sejam eles online, sejam offline.

As formas de engajar os clientes vão se remodelando e o processo de venda tem se tornado bem mais interativo do que era antes. Com as redes sociais, por exemplo, as organizações conseguem acompanhar a repercussão de suas campanhas e, com isso, otimizam a sua estratégia de branding de forma bem mais rápida.

Como o consumidor tem se comportado atualmente?

Se você for analisar o caminho que o seu público-alvo percorre antes de chegar ao seu produto, perceberá que boa parte se resumiu a momentos de pesquisa. Os clientes chegam às lojas atualmente com um poder de barganha muito maior, visto que a democratização das informações pela internet revolucionou a tomada de decisão.

Qualquer empresa que queira investir em uma estratégia de marketing pautada no conteúdo precisa levar em consideração os fatores que influenciam o poder de escolha dos consumidores. Saber entender as dores do cliente é meio caminho andado para criar soluções que despertem o interesse deles.

De que maneira as empresas podem aproveitar essa mudança?

Dentro do marketing digital, a jornada de compra acaba adquirindo uma outra roupagem, pois, do momento de aprendizado até a decisão de compra, os clientes podem ir e voltar constantemente. Lembre-se que, ao criar conteúdo relevante, isso pode colaborar bastante para que esse percurso seja fluido e cada vez menor.

Você há de concordar que, dificilmente, alguém acorda com uma vontade insaciável de comprar algum produto. É essencial desenvolver estratégias que gerem necessidades nos clientes a partir de seu comportamento, visto que as etapas são percorridas de forma única e, quem se antecipa a isso, pode ter vantagem competitiva.

Em resumo, o marketing digital não veio destruir a publicidade tradicional e as várias maneiras de merchandising, mas sim, proporcionar aos consumidores outras alternativas tão eficazes quanto as antigas.

E aí, gostou deste texto sobre a jornada de compra? Quer ler também sobre outros assuntos? Então aproveite a visita no blog e entenda a importância do planejamento estratégico de marketing!

Receba nossa Newsletter em primeira mão