Conheça o cross merchandising e 4 dicas para utilizá-lo

Conheça o cross merchandising e 4 dicas para utilizá-lo

Conheça o cross merchandising e 4 dicas para utilizá-lo

Conheça o cross merchandising e 4 dicas para utilizá-lo
Conheça o cross merchandising e 4 dicas para utilizá-lo

Em tempos de alta competitividade no mercado, disputa pela atenção do consumidor e grande volume de atividades diárias, os PDVs precisam criar estratégias e ações para se destacar entre a concorrência, atrair clientes e encantá-los. Para superar essas etapas, o chamado cross merchandising figura como ótimo aliado.

A ideia central do cross merchandising consiste em estimular a venda de produtos complementares a partir da chamada venda cruzada. Porém, isso só traz bons resultados em um PDV realmente estratégico, capaz de levar o cliente até a loja, desenvolver técnicas de integração do público e ter um bom layout.

De modo geral, os produtos devem ser destacados de acordo com cada persona. Frente a isso, vamos mostrar, no texto de hoje, quatro dicas para usar a técnica em seu PDV e como iniciar a prática do cross merchandising. Confira!

Veja como levar o cross merchandising para seu PDV

1. Pesquise os hábitos de consumo do seu público

Em primeiro lugar, é necessário conhecer o comportamento do seu público. Quais produtos ele compra por necessidade? Quais itens são atrativos para ele para compra por impulso? Quais peças mais chamam atenção e convertem?

Todas essas perguntas, bem como outras informações, você obtém pesquisando e observando o consumidor em sua loja. Com isso em mãos, pode ter certeza: as ações serão mais efetivas.

2. Seja criativo e inovador

Saia do lugar comum e solte a criatividade para elaborar suas ações. Pense em formas inusitadas de entrar em sintonia com o cliente.

Isso vai desde uma excelente distribuição do espaço até ações de live marketing, com um olhar mais voltado à sensação e à experiência do consumidor no seu PDV. Surpreenda!

3. Defina as prioridades

As ações precisam ter foco. Portanto, defina os objetivos antes de partir para a parte prática.

Seja para estimular a venda de um item específico, lançá-lo no mercado ou liberar um estoque acumulado, é necessário definir cada passo. Lembre-se de que o ponto é se destacar à vista do público.

4. Aproveite datas comemorativas

A sazonalidade e as datas comemorativas são excelentes motes para criar campanhas e explorar determinadas temáticas como Natal, Páscoa, Festa Junina etc.

Entenda quais dessas datas são pertinentes para o seu mercado e para suas personas e crie uma narrativa em torno disso para integrar o cliente ao PDV.

Entenda como começar uma campanha e o que não deve ser feito

Como dissemos no tópico anterior, o principal é pesquisar. Essa busca envolve o público, o mercado e a identidade do negócio.

Assim, pode-se desenvolver um planejamento e traçar a estratégia. Essa é a linha de partida de uma grande campanha e, para acertar a mão, evite:

  • Começar uma ação sem estar alinhado a setores como compras, estoque e vendas;
  • Criar campanhas que destoem de seus objetivos e características;
  • Ações sem lógica e sem integração com o PDV;
  • Excesso de ações de cross merchandising. Escolha pontos estratégicos e não lote a loja com abordagens;
  • Deixar de avaliar os resultados. Tudo deve ser mensurado e analisado.

O cross merchandising é capaz de deixar seu PDV mais organizado, estratégico e apto a gerar e estimular vendas. Como se não bastasse, traz expressiva contribuição para a valorização da sua marca.

Isso é muito importante para criar laços com o consumidor, garantir lucratividade e construir uma boa reputação. Entre os pilares do cross merchandising está o apelo visual, então invista na sua identidade visual para ser reconhecido no mercado!