Publicidade na TV: qual é o peso do merchandising atualmente? — Sinergia Publicidade

Publicidade na TV: qual é o peso do merchandising atualmente?

merchandising
merchandising

Segundo a última Pesquisa Brasileira de Mídia, referente ao ano de 2016, cerca de 63% dos brasileiros assistiam à TV para se informar. Sendo que 77% desse público acompanhava à programação televisiva nos 7 dias da semana. Os números reforçam o poder que esse meio de comunicação tem na vida do brasileiro, o que faz com que a publicidade na TV ainda seja uma opção bastante atrativa para as empresas que desejam propagar seus produtos ou serviços.

Existem diferentes maneiras de fazer inserções televisivas, e uma das estratégias que mais garantem resultados é o merchandising. Nos tópicos a seguir, você entenderá mais sobre o assunto! Boa leitura!

O poder da publicidade na TV

A televisão ainda pode ser considerada a mídia mais poderosa na construção de marcas fortes e na ativação de negócios de diferentes áreas do mercado, independentemente de serem oferecidos produtos ou serviços pela empresa. Isso, por si só, poderia ser todo o resumo do poder da publicidade na TV, mas existem outros aspectos.

A enorme audiência atraída é outro ponto que dá poder a ela. A TV aberta oferece, aos seus anunciantes, impacto, justamente por ser uma maneira popular de transmitir as mensagens proferidas por eles. Quando levamos em consideração os conteúdos de entretenimento, a publicidade se destaca ainda mais.

Hoje, as empresas procuram mais do que vender — querem uma forma de alcançar a relevância. Uma das maneiras de fazer isso é por meio do merchandising na TV, que consiste na inserção de publicidade em meio a uma dramaturgia, por exemplo. Ou seja, como os intervalos já não prendem tanta atenção, a contextualização do produto ou serviço dentro da linha editorial de um programa confere à marca um papel, fazendo com que ela se torne protagonista.

As melhores maneiras de trabalhar o merchandising

O primeiro aspecto a ser levado em consideração para uma ação de merchandising eficaz é procurar inserir o produto ou serviço em um programa que tenha um editorial compatível com o posicionamento da empresa e a imagem que ela deseja apresentar ao público.

Por exemplo, se você, de alguma maneira, fabrica um produto que se preocupa com o meio ambiente, procure enfatizar isso no merchandising. Isso mostra às pessoas um ponto positivo para fazerem negócios com a sua marca, algo que é muito valorizado pela sociedade moderna.

Outro detalhe importante é que a inserção precisa ser feita de maneira leve no contexto. Ou seja, precisa apresentar o produto ou serviço adequadamente, ressaltando as vantagens dele. É preciso também ter atenção ao público que receberá a mensagem e saber se ele realmente tem potencial de compra. Nos tópicos seguintes, explicaremos melhor essa questão.

As principais tendências

O preço de anunciar na TV é alto, pelo menos, é o que mostram os diversos mídia kits de emissoras encontrados na web. São centenas de milhares de reais para fazer uma inserção em um programa de dramaturgia, por exemplo. Isso se deve ao alcance que o meio tem — mas representa um investimento.

Segundo um estudo da Kantar Ibope, 70% dos brasileiros não se incomodam com a publicidade e 86% acredita que as marcas hoje se comunicam melhor do que no passado. Isso mostra uma tendência maior do consumidor em optar por aqueles produtos ou serviços que se apresentam não só de maneira mais criativa, mas que também proporcionam experiências diferenciadas.

Ainda de acordo com a Kantar, 75% dos brasileiros preferem consumir anúncios que sejam relevantes para eles. Nesse caso, a tendência é que o merchandising cresça em canais específicos para determinados públicos. Assim, a efetividade da ação é bem maior.

Apesar desses números, ainda se acredita que a Internet vai sucumbir a TV em algum momento, devido ao seu crescimento e alcance acelerados. O fato é que o merchandising atual deve se aliar às estratégias digitais para garantir maior eficácia. Por exemplo, ao divulgar um produto em uma novela, é importante contar com uma plataforma que possa oferecer interação com o consumidor.

Há uma tendência forte no crescimento da estratégia usada em programas mais específicos (séries, por exemplo) que têm públicos mais bem definidos. O público tende a associar as marcas, o que é um ponto positivo para o consumo.

As vantagens e desvantagens desse modelo de publicidade na TV

Existem vantagens e desvantagens de se fazer publicidade na TV. A seguir, conheceremos as principais delas!

Vantagens

Confira quais são as vantagens:

  • poder explorar a criatividade, fazendo inserções únicas e no contexto da trama no qual foi colocada;
  • falar com um amplo público, ou seja, para produtos ou serviços que são mais democráticos, a opção é a maneira mais fácil de conversar com eles;
  • mostrar a eficácia do produto ou serviço, bem como as suas vantagens, visto que ele é apresentado sendo utilizado na prática;
  • estabelecer um relacionamento mais próximo entre o público e a marca, dado os recursos audiovisuais utilizados.

Desvantagens

Observe as desvantagens:

  • o custo para fazer inserções de merchandising na TV ainda é bem caro, o que pode ser um empecilho para empresas com orçamentos mais enxutos;
  • a escolha do programa que receberá a inserção precisa ser feita com muito cuidado e conversar com a trama, o que nem sempre é simples, visto que a mensagem pode vir distorcida;
  • a mensagem precisa ser clara para que todos os públicos possam entendê-la, o que não é uma tarefa simples, visto que será preciso analisar diferentes contextos.

A importância de fazer uma pesquisa

Para que os comerciais sejam eficazes, apresentem resultados rápidos e, além disso, sejam rentáveis, é preciso que as empresas, antes de qualquer coisa, prezem pelas pesquisas de mercado e de audiência.

A análise de dados é fundamental, visto que o cruzamento de informações é necessário para a implementação de uma estratégia assertiva. Para isso, além de cruzar dados de audiência, é preciso levar em consideração também os hábitos de consumo da população, bem como as oportunidades dentro da grade de programação.

Todos esses aspectos ajudam não só a escolher corretamente a mídia, mas também a ser mais criativo. A pesquisa é essencial para evitar incongruências e entender mais a fundo as necessidades do consumidor e que tipo de mensagem conversa melhor com a sua realidade.

A atuação dos profissionais

A atuação de profissionais na publicidade na TV é crucial. Eles serão os responsáveis por desenvolver todo o planejamento estratégico em torno do merchandising, integrar os canais on-line e off-line, fazer toda a concepção criativa da campanha, estabelecer a mensagem customizada para o público e ainda encontrar aquele programa que receberá a mensagem.

Logo, a empresa precisa escolher uma agência que tenha tradição nesse tipo de ação, pesquisar sobre outras campanhas e os seus resultados. Todos esses pontos ajudarão não só a fazer a opção certa, mas também a garantir que a campanha seja eficaz.

Como pudemos ver ao longo do artigo, a publicidade na TV ainda tem um grande espaço na vida do consumidor, principalmente, quando falamos sobre o merchandising. Por isso, é importante estar atento às novidades que estão surgindo para manter o alto nível das campanhas.

Uma das melhores maneiras de fazer isso, como já dissemos, é por meio da contratação de profissionais especializados. A sua empresa deseja apostar na estratégia? Entre em contato conosco e conheça os nossos serviços!